O Domínio Humano Sobre a Terra


garden“Dominar” é uma palavra que carrega muitas conjecturas e significados. O dicionário Michaelis diz que “dominar” é ter autoridade ou poder sobre. Esta palavra carrega ideias positivas e negativas. Você pode entender “dominar” como explorar, estar sobre alguém, controlar no sentido de não dar espaço e até machucar. Ao mesmo tempo que a mesma palavra pode trazer a ideia de administrar, governar ou controlar no sentido de guiar.

No texto de Gênesis 1:28 lemos a ordem divina ao primeiro casal para que os dois dominassem a Terra: “[…] dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todo animal que rasteja pela terra.” (grifo nosso). Este verso é a execução do desejo divino no verso 26: “[…] tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves do céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra.”

No original hebraico, a palavra “dominar” (radah) está no plural, ou seja, a ordem foi dada ao casal, homem e mulher, e não a um só deles. Radah significa dominar, governar ou ter o controle.

EXPRESSÕES DOMINAR NAS ESCRITURAS

A Bíblia apresenta a palavra ‘dominar” muitas vezes. Em Gênesis 4:7 Deus diz a Caim que este deve dominar seu desejo. A palavra utilizada é mashal que significa governar, reger ou administrar. Esta palavra aparece em Gn 1:18 na relação entre o sol e o dia e a lua e a noite. Também em Gn 3:16 na relação entre o homem e a mulher após a queda. E em Gn 24:2 na relação do servo de Abraão com as riquezas de seu patrão.

Mashal significa administrar ou guiar. Isso está implícito nas relações mencionadas anteriormente. O sol guia o dia, assim como o homem deveria guiar e administrar a mulher após a queda. O mesmo acontece com o servo de Abraão que não possuía a riqueza do seu senhor, mas administrava tudo.

Outra passagem importante é Daniel 4:25 onde Deus domina o reino dos homens e o dá a quem quer. A palavra utilizada é o substantivo shallit que significa governante, soberano e tirano. O mesmo ocorre em Apocalipse 5:13 com a palavra grega kratos que também significa soberania e poder. Nesses dois versos o referente das palavras é Deus e logo se vê que o significado de domínio tem que ver com soberania, um poder acima de todos os poderes, um governo acima de questionamentos. Este tipo de domínio pertence apenas a Deus que é soberano sobre tudo.

Shallit e kratos são diferentes de mashal e radah. Através destes termos, podemos entender que o imperativo de Gênesis 1:28 é uma declaração divina dando o governo da Terra aos seres humanos. Logo, estes deveriam não apenas ser os administradores, mas os donos juntamente com Deus. Isso requeria uma grande responsabilidade que só foi outorgada aos que foram criados a imagem e semelhança de Deus.

A IMPORTÂNCIA DE DOMINAR A TERRA

Diante dessa responsabilidade que foi concedida aos seres humanos, qual a real importância de dominar a Terra? Apocalipse 11:18 afirma que chegará um tempo em que Deus destruirá quem destrói a Terra. Obviamente, aquele que não domina sobre a Terra corretamente está destruindo-a. A função do homem não é destruir o meio ambiente e sim governa-lo.

Mas os textos de Gênesis estão muito além de apenas governar ou dominar sobre a terra. As ordens divinas são para dominar, sujeitar, cultivar e guardar (Gn. 1:26, 28, 2:15). Cada uma dessas expressões carrega uma responsabilidade diferente. Já abordamos o termo “dominar” que se refere a “ter o controle” sobre a terra. Mas de todos os termos, “sujeitar” é o mais difícil de entender por si só. Esta palavra é utilizada para falar da relação de senhores e escravos e para falar de abuso sexual. Demonstra uma relação subserviente, que consiste em servir a outro de maneira humilhante ou se prestar às vontades de outrem servilmente. Contudo, nesse contexto, o homem não tinha uma relação de conflito com o mundo, por isso, esta palavra traz a ideia de “controlar para ter vantagem”. O Comentário Bíblico Adventista concorda com este pensamento dizendo que “sujeitar” é o direito de utilizar os recursos da Terra para seu benefício e necessidade. Isso daria margem para explorar a Terra em nosso benefício? Se considerássemos apenas este termo, sim. Mas precisamos verificar os outros dois termos.

Gênesis 2:15 expõe duas palavras importantíssimas para entendermos nossa relação com a Terra e a importância de dominar sobre ela. A primeira é cultivar, no original abad que significa trabalhar e servir. Ou seja, a Terra nos serve com seus recursos, mas nós servimos a Terra com nosso trabalho. A versão inglesa traz a palavra “dress” que significa vestir ou embelezar. Isto mostra que não devemos explorar a Terra, mas servi-la e embeleza-la. A outra palavra é “guardar” que significa vigiar e proteger, similar ao texto de 2Tm 1:12, 14, onde Deus guarda (protege, defende) nosso depósito.

Diante dessas quatro palavras podemos ver que Deus espera que seus filhos governem a Terra, utilizando seus recursos para seus benefícios, ao mesmo tempo que protege e serve a este mesmo meio ambiente.

Por fim dominar a Terra é importante para que o homem aprenda a dominar o universo. De acordo com Apocalipse 3:21 e 22:5, os filhos de Deus reinarão no trono do Altíssimo, o trono que rege todo o universo. O que se espera de nós como realeza é que sejamos a imagem e semelhança de Deus e o viver aqui na Terra é um “treinamento” para um bom exercício de governo.

CONCLUSÃO

Deus nos criou a sua semelhança e imagem e nos deu um grande presente, dominar sobre a Terra. Devemos ser como “vice-reis”, governando o reino terrestre sob o domínio soberano do Criador. Isso significa que a Terra é nossa, não somos apenas administradores ou regentes, contudo não somos os donos soberanos dela. Devemos reinar com sabedoria utilizando os recursos terrestres ao mesmo tempo em que servimos e protegemos todo o meio ambiente. E por fim, todo esse exercício de governo nos habilitará a governarmos toda a criação divina.

Você deseja aceitar este lindo presente juntamente com a responsabilidade de cuidar dele? Você aceita proteger e servir a Terra utilizando seus recursos de forma sábia. Que de hoje em diante você honre e glorifique a Deus cuidando do domínio que Ele lhe confiou.

Anúncios
Esse post foi publicado em Bênçãos de Deus, Meio Ambiente, Missão, Sermões e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s